Incêndio Alcainça - Malveira em Curso

BV S Pedro de Sintra: VFCI 03 (veiculo florestal de combate a incêndios) a caminho do Teatro de operações.

 

Devido a problemas técnicos que afectaram seriamente o site oficial dos bombeiros de S Pedro de Sintra, estivemos fora da aldeia global por dois meses.

Desde já apresentamos as nossas desculpas por o sucedido e aproveitamos para voltar com uma nova imagem.

Esperemos continuar a contar com todas as pessoas que nos visitam regularmente.

Obrigado por o vosso apoio e compreensão.

 

 

 
O INEM vai reforçar a capacidade de resposta a situações de emergência médica com um aumento de 31 meios de socorro no dispositivo nacional de emergência médica pré-hospitalar. Este é o resultado de um conjunto de alterações que o Instituto vai introduzir em 2013 na sua rede de meios, com o objetivo de melhorar a eficiência do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM). 
 
A reorganização dos meios que o INEM tem vindo a implementar, tem por objetivo assegurar uma melhor cobertura de meios de emergência pré-hospitalar no território de Portugal continental. Para além disso, dota os Serviços de Urgência Básicos, nomeadamente das regiões mais distantes dos grandes centros urbanos, de ambulâncias de Suporte Imediato de Vida, com técnico e enfermeiro com formação e capacidade de realização de manobras diferenciadas de emergência e reanimação. Finalmente reforça a capacidade de socorro nos grandes centros urbanos, mais populosos e com mais solicitações de emergência e evita duplicações de meios e desperdícios subsequentes em algumas zonas. O plano de reorganização de meios do INEM prevê as seguintes alterações: 
 
Abertura de 16 novas ambulâncias de Socorro do INEM, em Corporações de Bombeiros, criando-se um Posto de Emergência Médica: Aguiar da Beira, Alcanena, Alcochete, Ansião, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Cinfães*, Estarreja, Monção, Nazaré*, Nelas, Paços de Ferreira, Ponte da Barca, Salvaterra de Magos, Sátão e Terras de Bouro*. Recorde-se que estas ambulâncias têm, entre outro material, Desfibrilhador Automático Externo. * - ambulâncias cujo início da atividade ocorreu a 1 de janeiro 
 
Abertura de 8 novas ambulâncias de Suporte Imediato de Vida do INEM, em modelo integrado nos Serviços de Urgência Básico: Alcácer do Sal, Alcobaça, Arouca, Castro Verde, Cinfães*, Moimenta da Beira, Monção e Montijo. * - ambulância cujo início da atividade ocorreu a 8 de fevereiro 
 
Abertura de 7 novas ambulâncias de emergência médica operadas diretamente pelo INEM: Algueirão, Coimbra, Guimarães, Sacavém, Seixal, Viana do Castelo e Viseu. 
 
Abertura de dois motociclos de emergência médica do INEM em Matosinhos e Cascais, ocorrida no passado dia 3 de junho. 
 
Encerramento de duas ambulâncias de emergência médica do INEM em Aguiar da Beira (apenas 1,38 saídas/dia) e Trancoso (apenas 1,23 saídas/dia), locais onde vão passar a existir e existe já, respetivamente, um Posto de Emergência Médica do INEM, ficando assegurada a resposta local a situações de emergência médica. 
 
Em suma, com esta reorganização da rede de meios, o dispositivo do INEM vai passar a contar, na prática, com um total de 31 novas unidades a nível nacional. Para a concretização destas alterações refira-se ainda que o INEM tem vindo a desenvolver um conjunto de análises e documentos técnicos, com a colaboração de peritos e de parceiros do SIEM (Autoridade Nacional de Proteção Civil e Liga de Bombeiros Portugueses), os quais foram também analisados pela Comissão de Reavaliação da Rede Nacional Emergência e Urgência. 
 
Por fim, recorde-se que em 2012, no âmbito de idêntica reorganização da sua rede de meios, o INEM procedeu à abertura de oito ambulâncias de Suporte Imediato de Vida, quatro ambulâncias de emergência médica e uma mota de emergência médica, todos estes operados diretamente pelo Instituto. De igual modo, no ano passado foram criados 28 novos Postos de Emergência Médica em corporações de bombeiros, equipados com ambulância INEM.



Leia Mais em: http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2013/06/dispositivo-do-inem-reforcado-com-31.html#ixzz2XXH2SKxJ

 

Ocorreu hoje às 7h36, uma colisão frontal entre 2 veículos ligeiros um de passageiros e um misto, tendo resultado 3 vitimas leves, uma em situação de encarceramento físico tipo 1 e uma de encarceramento físico tipo 2. As operações de desencarceramento demoraram 25 minutos contando com o apoio da VMER de Cascais no teatro de operações.

As vítimas foram transportadas ao Hospital de Cascais.

Meios no local:

BV S Pedro de Sintra; VSAT (veiculo de salvamento e assistência táctico), ABSC 01 (ambulância de socorro e VCOT 01 (veiculo de comando táctico).

BV Sintra; VSAT (veiculo de salvamento e assistência táctico) e INEM (ambulância de suporte básico de vida).

BV Algueirão; ABSC (ambulância de socorro).

INEM; VMER Cascais

O comando das operações de socorro esteve a cargo do 2º comandante dos BV S Pedro de Sintra. 

 

Tendo como base as formações desenvolvidas por o CDOS Lisboa, para as equipas de apoio ao posto comando, realizou-se no quartel dos Bombeiros S. Pedro de Sintra nos dias 15 e 16 de Junho uma ação de formação com os meios da 3º e 4º fase do Sistema de Gestão de Operações.

 

Estiveram presentes os veículos de comando e comunicações dos Bombeiros S. Pedro de Sintra, Bombeiros de Torres Vedras os veículos de comando e comunicações da Proteção Civil de Cascais e Mafra e o Veiculo de Planeamento Comando e Comunicações do CDOS Lisboa.